Linhas de Pesquisa

  • Gênero, Criminalidade e Ciência
  • Políticas e Gestão de Ciência &Tecnologia
  • Sociedade, Universidade e Produção de Conhecimentos
  • Sustentabilidade e Educação Ambiental
  • Divulgação em Ciência, Tecnologia Inovação

Projetos

Projeto: Redes de conhecimentos e inovação social (ReCIS)
Responsável: Maíra Baumgarten Corrêa
Resumo: Essa pesquisa tem por objetivo investigar as atuais formas de produção de conhecimentos em redes, no Brasil, no momento presente, analisando as possibilidades do desenvolvimento de tecnologias sociais através de redes de produção e disseminação de conhecimento, formadas por meio de interações entre coletividades científicas em universidades no Brasil.
Especificamente pretende-se pesquisar a formação de redes para a produção e difusão de conhecimentos e seu papel na inovação social no Brasil (políticas de incentivo, tipos de redes, áreas em que se desenvolvem, etc..). As redes serão identificadas a partir de informações obtidas nas agências de fomento e gestão de C&T, nos ministérios de C&T e da Educação e nas instituições de pesquisa. Serão investigadas algumas universidades selecionadas em diferentes regiões do país, para a identificação e análise de grupos de pesquisa e redes de produção de conhecimento. As universidades selecionadas são, em princípio, a UFRGS e a FURG (Região Sul), a UFRJ (Região Sudeste).

Projeto: Repercussões Sociais da Pesquisa: Tecnologia e Inovação Social
Responsável: Maíra Baumgarten Corrêa
Resumo: A temática das relações entre ciência, tecnologia e sustentabilidade vem assumindo importância crescente no atual mundo globalizado. De forma geral, entretanto, são pouco conhecidas pela sociedade (população, parlamentares, gestores públicos) as repercussões sociais e econômicas da pesquisa realizada na universidade. Por outro lado, as atividades de difusão, extensão e educação científica não são adequadamente valorizadas nas instituições de pesquisa e nas universidades, assim como nas agências de fomento e gestão de CT&I. A pesquisa ora proposta está relacionada a esta problemática e consiste, especificamente, em desenvolver metodologias e instrumentos para a identificação de efeitos sociais e econômicos da pesquisa científica realizada na universidade, visando contribuir para a avaliação dos impactos da produção científica e tecnológica na sociedade e para uma melhor compreensão acerca das mediações (ou falta de) entre a universidade e a sociedade, bem como para apontar possibilidades para a gestão da pesquisa na universidade e para o desenvolvimento de tecnologias sociais. Esse estudo se desenvolve no âmbito do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas, C&T e Sustentabilidade da FURG em cooperação com o Centro de Estudos e Documentação em Conhecimentos, Inovação e Sustentabilidade (CEDCIS - http://www6.ufrgs.br/cedcis/), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, através do seu laboratório de divulgação de ciência (LaDCIS).

Projeto: Avaliação Institucional
Responsável: Ernâni Lampert
Resumo: Objetivos: Analisar, criticamente, a trajetória da avaliação institucional no Brasil (comparando-a com países industrializados) e as diferentes políticas utilizadas pelo Estado e Instituições de Educação Superior. Analisar a realidade, perspectivas e desafios do SINAES como sistema avaliativo nacional.

Ensino Superior (Ernani Lampert)
Objetivos: Analisar, de forma contextualizada, a história, a realidade e a docência da educação superior no Brasil. À luz da legislação, analisar a s funções da universidade e suas implicações, dando especial relevo à indissociabilidade pesquisa-ensino, condição indispensável à formação de profissionais críticos e comprometidos com a transformação política, econômica, social, educacional, tecnológica e cutural da sociedade brasileira. Ressaltar, em uma sociedade globalizada, a necessidade de encontrar alternativas inovadoras à produção de conhecimentos e de formação de redes de conhecimento para viabilizar um ensino de qualidade com repercussões na formação de professores.

Educação Permanente (Ernani Lampert)
Objetivos: Matizar o debate em torno da problemática da educação permanente que, no cotidiano, engendra novos problemas e perspectivas. Analisar o contexto histórico em que foi gestada a educação permanente. Ancorado em estudiosos sobre a temática, discutir a ambivalência da terminologia, a necessidade e a importância da educação permanente na sociedade hodierna e buscar descortinar verdades sobre esta modalidade de ensino. Analisar Programas Universitários para a Terceira Idade.

Educação e Tecnologia (Ernani Lampert)
Objetivos: Situar e caracterizar o nascimento da ciência e tecnologia contemporâneas. Analisar criticamente a Internet sob diferentes aspectos para então deter-se nas suas interfaces com a educação.